Gaudium news > Bispos de todo mundo são convidados pelo Papa para participar da consagração da Rússia e da Ucrânia

Bispos de todo mundo são convidados pelo Papa para participar da consagração da Rússia e da Ucrânia

No próximo dia 25 de março, festa da Anunciação do Senhor, o Santo Padre consagrará a Rússia e a Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria.

Cidade do Vaticano (18/03/2022 12:03, Gaudium Press) O Núncio apostólico nos EUA, Dom Christophe Pierre revelou, através de uma carta enviada ao presidente da Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos (USCCB), Dom José Gomez, que o Papa Francisco convidará os Bispos de todo o mundo para participar da consagração da Rússia e da Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria.

Convite do Santo Padre aos Bispos de todo o mundo

“O Santo Padre pretende convidar cada bispo, ou equivalente de direito, junto com seus sacerdotes, a participar deste ato de consagração, se possível, em um horário correspondente às 17h, hora de Roma. Nos próximos dias, o Santo Padre dirigirá uma carta de convite aos bispos, anexando o texto da Oração de Consagração nas diversas línguas”, diz um trecho da mensagem.

Consagração presidida pelo Papa Francisco

O diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni, anunciou na última terça-feira, 15, que o Papa Francisco pretende consagrar a Rússia e a Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria no próximo dia 25 de março, festa da Anunciação do Senhor. O mesmo ato será realizado no Santuário de Fátima, em Portugal, pelo Cardeal Konrad Krajewski, atual Esmoleiro Apostólico e enviado do Santo Padre para presidir a cerimônia no local das aparições marianas.

Pedido de Nossa Senhora em Fátima

No dia 13 de julho de 1917, durante uma das suas aparições aos três pastorinhos em Fátima, Nossa Senhora pediu que a Rússia fosse consagrada ao Seu Imaculado Coração, advertindo que “se meus pedidos forem atendidos, a Rússia se converterá e haverá paz; se não, ela espalhará seus erros pelo mundo, causando guerras e perseguições à Igreja. Os bons serão martirizados; o Santo Padre terá muito que sofrer; várias nações serão aniquiladas. Por fim, meu Imaculado Coração triunfará. O Santo Padre me consagrará a Rússia, e ela se converterá, e um período de paz será concedido ao mundo”. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas