Gaudium news > Birmânia: convento e hospital religioso são bombardeados

Birmânia: convento e hospital religioso são bombardeados

A Igreja de Nossa Senhora de Fátima e um hospital de religiosas idosas foram atacados por aviões de guerra na Birmânia (Miamar)

Foto: UCA News

Redação (11/03/2022 12:45, Gaudium Press) A igreja local da Birmânia (Miamar) relatou que nos últimos dias edifícios religiosos foram vítimas de ataques aéreos.

No última dia 8 de março, a igreja de Nossa Senhora de Fátima, no vilarejo de Saun Du La próximo a cidade de Demoso, foi seriamente danificada por um avião de combate por volta das duas horas da tarde.

Também na quinta-feira, 10 de março, por volta das 6 horas da manhã um convento da congregação das Irmãs da Reparação, foi bombardeado, também em Demoso.

O convento servia de hospital para as religiosas idosas. O local está ao lado da igreja de Nossa Senhora Rainha da Paz que, por sua vez, foi atacada em junho de 2021.

Os líderes da Igreja Católica do país asiático têm denunciado que as forças militares continuam atacando as igrejas e outros edifícios religiosos.

“Como não havia conflito armado naquela área, foi claramente um ataque deliberado e planejado contra a Igreja Católica e civis inocentes para maximizar o número de mortes humanas e aniquilar a religião”, declarou um sacerdote.

Ao todo oito igrejas da diocese de Loikaw sofreram ataques semelhantes desde o início do conflito armado entre rebeldes e as forças militares.

O pior ataque foi contra a igreja do Sagrado Coração de Jesus em Kanyantharyear, cidade próxima a Loikaw, que resultou na morte de oito pessoas e vários feridos.

Os sacerdotes, religiosos e religiosas de 16 paróquias da diocese tiveram que abandoná-las para se abrigarem em locais mais seguros. (FM)

Com informações de Asia News

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas