Gaudium news > Basílica de Santana celebra a festa de sua Padroeira

Basílica de Santana celebra a festa de sua Padroeira

A celebração eucarística, presidida pelo Cardeal Arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Pedro Scherer, também recordou o primeiro aniversário da elevação da igreja à dignidade de basílica menor.

Redação (26/07/2021 15:27, Gaudium Press) Na tarde do último domingo, 25, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo, presidiu uma Santa Missa Solene na Basílica de Santana, por ocasião do primeiro aniversário da elevação da igreja à dignidade de basílica menor e dando início às comemorações da padroeira, celebrada nesta segunda-feira, 26.

“Que a Basílica de Santana seja um sinal muito claro de que Deus habita esta cidade, está presente, mora entre nós e não está longe. Aqui é a casa de Deus, onde todos podem entrar. Ninguém precisa ter medo de se aproximar de Deus, que é Pai e quer acolher a todos estender as suas bênçãos”, ressaltou o purpurado em sua homilia.

Basílica de Santana permaneceu de portas abertas desde o início da pandemia

Já o Padre Beto, atual pároco e reitor da Basílica, ressaltou os desafios da comunidade paroquial para continuar realizando a sua missão neste último ano. O templo permaneceu de portas abertas, acolhendo fiéis para orações e atendimentos, mesmo durante o período de suspensão das atividades presenciais.

Para atender os fiéis, a paróquia conta com três sacerdotes que se revezam para atender diariamente os fiéis que procuram confissões, direção espiritual e missas. Além disso, as aulas de catequese não foram interrompidas, tendo que ser adaptadas ao modo on-line, o que possibilitou que 80 crianças fizessem a primeira comunhão no último ano.

Ponto de referência para o serviço de caridade

Atualmente, a Basílica de Santana oferece atendimento para cerca de 400 pessoas em situação de rua que, diariamente, recebem um café da manhã oferecido pela comunidade. Mantendo-se como ponto de referência para o serviço de caridade, a comunidade paroquial também presta apoio a 1.200 famílias cadastradas.

O pároco destaca que “isso só é possível graças a solidariedade do povo, que responde a todos os pedidos que fazemos”. Ao mesmo tempo, o sacerdote agradeceu aos fiéis e benfeitores que também colaboraram nas obras de revitalização do templo. “Estamos colhendo os frutos de ter permanecido ao lado do povo durante esse período difícil, de ter feito desta Basílica uma casa onde as pessoas se sentissem acolhidas e amparadas”, concluiu.

Indulgência Plenária

A Celebração Eucarística ocorreu dentro do 1º Dia Mundial dos Avós e dos Idosos, instituído pelo Papa Francisco. Recordando disso, o Cardeal de São Paulo frisou que a Igreja concede indulgências plenárias próprias neste dia.

Para obter essas indulgências, o fiel precisa ter se confessado recentemente, rezar nas intenções do Papa e fazer um ato de caridade. A indulgência é a remissão, diante de Deus, da pena temporal devida aos pecados já perdoados quanto à culpa que o fiel, devidamente disposto e em certas e determinadas condições, alcança por meio da Igreja. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas