Gaudium news > Arqueólogos descobrem mosaico indicando a casa dos apóstolos Pedro, Felipe e André

Arqueólogos descobrem mosaico indicando a casa dos apóstolos Pedro, Felipe e André

A descoberta do mosaico el-Araj reforça a teoria de que este era o local onde se localizava a cidade de onde os apóstolos partiram para pescar e onde estava localizada sua casa.

Foto: Divulgação/Projeto de Escavação El Araj.

Redação (16/08/2022 15:21, Gaudium Press) Um mosaico de mais de 1.500 anos foi encontrado pelos arqueólogos Mordechai Aviam e Steven Notley no chamado sítio el-Araj, ao lado da mansão otomana Beit HaBek. A obra apresenta inscrita uma oração pedindo a intercessão de São Pedro, “o chefe dos apóstolos celestiais”.

Igreja dos Apóstolos

A inscrição revela ainda que “Constantino, o servo de Cristo” foi quem financiou a construção daquele templo. De acordo com especialistas, a inscrição não se refere ao imperador Constantino e o tipo de escrita apresentada corresponde à tradição bizantina de mosaicos dedicatórios.

Nos tempos bizantinos era comum a realização de peregrinações à cidade onde os Apóstolos Pedro, Filipe e André nasceram. Os cristãos visitavam um templo construído na casa dos apóstolos que seria chamado de a “Igreja dos Apóstolos”. Segundo a tradição cristã bizantina a casa de São Pedro está localizada em Betsaida, e não em Cafarnaum.

Descobertas arqueológicas

Até o momento, os arqueólogos encontraram no local ruínas da época romana, casas de famílias judias e as ruínas desta basílica bizantina do século V. As buscas deles se centravam em uma inscrição dedicatória que sustentasse a teoria de que o local na realidade, é Betsaida.

Existe ainda uma outra escavação, a de el-Tell, próxima do lago da Galiléia, que tenta localizar Betsaida. Entretanto, por estar a dois quilômetros do lago, alguns especialistas consideram que dificilmente este local terá sido a vila de pescadores onde nasceram esses apóstolos. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas