Gaudium news > Arcebispo assegura que a palavra de Deus é tão importante quanto o alimento

Arcebispo assegura que a palavra de Deus é tão importante quanto o alimento

“Bem sabemos que se não alimentarmos como é devido, adoecemos e morremos. É por isso que ao alimentar-nos com a Palavra de Deus, nossa vida se fortalecerá”, afirmou.

México – Monterrey (07/07/2021 13:23, Gaudium Press) Através de uma vídeo-mensagem, o Arcebispo de Monterrey e presidente da Conferência do Episcopado Mexicano, Dom Rogelio Cabrera López, ressaltou que “a Palavra de Deus em nossa vida é tão importante quanto o alimento cotidiano”.

“Bem sabemos que se não alimentarmos como é devido, adoecemos e morremos. É por isso que ao alimentar-nos com a Palavra de Deus, nossa vida se fortalecerá e nossas palavras terão um sólido fundamento ao serem expressadas”, explicou.

O valor da palavra

Destacando a importância dada à palavra, o prelado frisou que “o próprio Deus é um claro exemplo do cumprimento de sua palavra diante das promessas que faz ao seu povo, estando em Cristo, seu Filho, em quem encontramos sua plena realização”.

Segundo o Arcebispo mexicano “é necessário que nós, cristãos, fiéis seguidores dos ensinamentos do Filho de Deus, o Verbo Encarnado, não esqueçamos o valor que reveste também nossa palavra, a qual, junto ao testemunho coerente, dará credibilidade à nossa vida. Quem não consegue se responsabilizar pelo que fala, acabará sendo uma pessoa sem confiança”.

Que a Palavra divina ganhe vida no nosso quotidiano

Dom Cabrera López considera urgente que, “como membros da Igreja, imersos numa sociedade plural e mutante, nos tornemos forjadores de esperança, dando a conhecer a Palavra de Deus, que é o verdadeiro caminho da nossa vida”.

Concluindo sua mensagem, o prelado mexicano exorta os fiéis para aproveitarem este período, em que muitos desfrutam de descanso, para aprofundar o valor da Palavra de Deus no nosso quotidiano, pois é “necessário que deixemos que a Palavra divina ganhe vida no nosso quotidiano, iluminando cada situação, cada momento, ajudando-nos a compreender e a responder com coragem à vontade de Deus”. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas