Gaudium news > Aos 101 anos devota do Divino Pai Eterno é curada da Covid-19

Aos 101 anos devota do Divino Pai Eterno é curada da Covid-19

“Foi o maior milagre que Ele poderia fazer por mim e fez!”, afirmou Petronilia Souza Almeida.

Tocantins – Axixá do Tocantins (04/06/2020 17:00, Gaudium Press) Nascida no dia 2 de junho de 1919, Petronilia Souza Almeida celebrou este ano, mais do que nos anteriores, o dom da vida. Isso porque foi curada da Covid-19, o que considera um milagre atribuído à sua devoção ao Divino Pai Eterno através de Nossa Senhora.

“Foi o maior milagre que Ele poderia fazer por mim e fez!”, afirmou em vídeo publicado no site da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe).

O Divino Pai Eterno faz milagres!

Moradora de Axixá do Tocantins (TO), Petronilia permaneceu seis dias internada na UTI, distante dos cuidados de sua família. Apesar disso, conservou sempre a certeza de que estava sendo amparada pelo Divino Pai Eterno.

“Eu me apeguei ao Divino Pai Eterno e estou aqui. Ele quis me dar saúde para eu me recuperar e completar mais um ano de vida. Todos os dias eu bebo a água abençoada na Missa, toda a minha família também bebe e eu rezo por todos nós. O Divino Pai Eterno faz milagres!”, declarou.

Entretanto, sua devoção ao Pai Eterno já é antiga. No ano de 2012, Petronilia teve problemas no coração e foi desenganada pelos médicos, que lhe deram mais dois meses de vida. A partir daí, ela começou a pedir a graça da cura através da Novena dos Filhos do Pai Eterno. Por sua Fé, foi curada.

Fé passada de geração para geração

Petronilia é viúva, mãe de 14 filhos, avó de 71 netos, possuindo 98 bisnetos e 16 tataranetos. Toda sua família é devota do Divino Pai Eterno, herança de Fé passada de geração para geração.

Uma de suas filhas, Antonia, recorda que quando seu neto nasceu, os médicos explicaram que ele dificilmente andaria. Foi então que decidiu fazer uma promessa ao Divino Pai Eterno: caso ele voltasse a andar, ela faria uma caminhada até o Santuário.

“Em oito dias, meu neto andou e ele já tem dez anos. São três graças recebidas na minha vida e, agora, mais uma, a cura. E aqui em casa todas as minhas irmãs também já fizeram a caminhada. Hoje, só temos a agradecer ao Divino Pai Eterno”, contou.

Outra neta de Petronilia, Lislena Sousa Freitas, se diz orgulhosa por ver a Fé de sua avó sendo transmitida por toda a família. “Ela passa o dia todo rezando pela TV Pai Eterno e fala sobre a Fé e sobre todas as graças recebidas por ela para quem quiser ouvir. Todos lá no hospital, onde ela ficou internada, ficaram impressionados com a força e a recuperação dela. Achamos que ela não voltaria mais, mas ela recebeu mais uma chance de vida, não era um adeus, era mais uma lição para nós todos”, concluiu. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas