Gaudium news > A violência tem sua origem na falta de Deus, assegura Bispo colombiano

A violência tem sua origem na falta de Deus, assegura Bispo colombiano

“Se perdeu o sentido de Deus e com isso desaparece o sentido do mal e do pecado”, afirmou Dom José Libardo Garcés Monsalve.

Foto: Pixabay.

Colômbia – Cúcuta (05/07/2022 14:32, Gaudium Press) O website da Conferência Episcopal Colombiana publicou um artigo de autoria do Bispo de Cúcuta (Colômbia), Dom José Libardo Garcés Monsalve. No texto, o prelado trata sobre as causas dos inúmeros casos de violência vividos pela humanidade em nossos dias.

“Os casos de violência e destruição que vivemos na atualidade a nível mundial, nacional e regional, têm que nos levar a um momento de reflexão sobre a raiz de tantos males que estão destruindo a humanidade, concluindo que tudo se deve ao fato de termos retirado Deus da história pessoal, familiar e social”, assegurou.

A humanidade perdeu o sentido de Deus

Dom Garcés lamentou que os homens construam suas vidas com critérios meramente humanos, tratando de fazer a própria vontade e esquecendo a vontade de Deus. “Se perdeu o sentido de Deus e com isso desaparece o sentido do mal e do pecado”, afirmou.

Como solução para essa triste situação vivida pela humanidade, o prelado ressalta a necessidade de se “voltar para Deus, receber Nosso Senhor Jesus Cristo em nossas vidas, pois Ele quer habitar em cada coração e em cada família, nos dando seu perdão e misericórdia”.

A humanidade necessita da humildade e mansidão de Jesus

Segundo ele, a humanidade necessita da humildade e mansidão do coração transpassado de Jesus Cristo para voltar a tomar seu rumo. “Quanto bem nos faz deixar que Jesus volte a habitar em nossos corações e nos lançar a amar uns aos outros com seu próprio coração”, garantiu.

Dom Garcés concluiu exortando aos fiéis para que rezem pedindo ao Senhor que venha em nosso auxílio, dizendo com Fé e Esperança: “Tenha misericórdia de nós e do mundo inteiro!”, pois dessa forma seremos instrumentos dessa misericórdia para com os irmãos. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas