Gaudium news > Redentoristas elegem novo superior geral

Redentoristas elegem novo superior geral

O Capítulo Geral dos Redentoristas elege Pe. Rogério Gomes como novo superior geral da congregação

Redação (29/09/2022 18:30, Gaudium Press) O sacerdote brasileiro Rogério Gomes foi eleito o novo superior geral dos redentoristas.

Reunidos para a fase canônica do Capítulo Geral da Congregação do Santíssimo Redentor, os membros capitulares elegeram o padre Rogério Gomes o novo superior dos redentoristas.

Padre Rogério Gomes recebeu 71 votos dos 91 capitulares. Ele vai permanecer à frente da instituição pelos próximos seis anos, até 2028.

Ele é o segundo brasileiro, na história da Congregação a ser eleito como superior geral. O primeiro foi o sacerdote Tarcísio Ariovaldo Amaral que assumiu o cargo entre 1967 e 1973.

Os redentoristas contam com mais de 4.600 membros, entre clérigos e leigos, espalhados por mais de 80 países.

Biografia, estudos e cargos

Pe. Rogério Gomes nasceu no dia 7 de outubro de 1974, em Alterosa, Minas Gerais. Formou-se em Filosofia pela PUC de Campinas e em Teologia pelo Instituto São Paulo de Estudos Superiores (ITESP).

O novo superior é formado em Espiritualidade pelo Centro Teresiano de Espiritualidade (Carmelitas) e mestrado com ênfase em Bioética pela Academia Alfonsiana de Roma.

Ele tem doutorado em Teologia Moral também pela Academia Alfonsiana de Roma. Lecionou no Instituto São Paulo de Estudos Superiores, na Escola Dominicana de Teologia e na Faculdade de Teologia São Bento.

Foi responsável pela Província Redentorista de São Paulo entre 2014 e 2016. Depois foi eleito Conselheiro Geral da Congregação para representar a Conferência da América Latina e Caribe.

Em Roma, tornou-se membro de comissões como a Comissão dos Irmãos Redentoristas e a Comissão Mista da Academia Alfonsiana.

Atualmente, padre Rogério Gomes é professor visitante na Academia Alfonsiana de Roma; membro da Sociedade Brasileira de Bioética (SBB), e da Sociedade Brasileira de Teologia Moral (SBTM). Também é membro do grupo da Pessoa Humana, Antropologia, Ética e Sexualidade, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). (FM)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas