Gaudium news > 122 sacerdotes serão ordenados na França em 2022

122 sacerdotes serão ordenados na França em 2022

A França contará em 2022 com 122 novos sacerdotes. Muitos já ordenados no passdo fim de semana e outros a serem ordenados nos próximos dias

Redação (27/06/2022 18:00, Gaudium Press) Na França, o mês de junho é tradicionalmente reservado às ordenações sacerdotais.

A maioria das ordenações ocorreu no último fim de semana, 25 e 26 de junho, alguns dias antes da solenidade de São Pedro e São Paulo.

122 sacerdotes em 2022

Ao todo, 122 sacerdotes serão ordenados em diversas dioceses do país europeu, em 2022. O que representa uma leva queda em relação ao ano de 2021, quando foram 130 os sacerdotes ordenados.

Dos ordenados deste ano, 77 são diocesanos, outros 20 são religiosos, 19 provenientes de congregações ou sociedades de vida apostólica e 6 serão ordenados segundo a forma extraordinária do Rito Romano.

Comunidade de São Martin e arquidiocese de Paris

Entre as diversas ordenações, merece destaque as da comunidade de São Martin, associação de sacerdotes e diáconos seculares que vivem em comunidade.

Na última sexta-feira, 24 de junho, oito seminaristas da comunidade foram ordenados diáconos por Dom Francis Bestion, Bispo de Tulle, na catedral de Évron. Já no sábado, quatorze diáconos da comunidade foram ordenados sacerdotes pelas mãos do Cardeal Philippe Barbarin.

“A melhor maneira de ser apóstolo da paz, segundo o coração de Cristo, será permanecer cheio de sabor, cheio de sabedoria e amor pelos que nos rodeiam”, explicou Dom Paul Préaux, moderador geral da comunidade, aos recém-ordenados.

Em Paris, o recém-chegado, Mons. Laurent Ulrich, Arcebispo da cidade, celebrou a ordenação de 9 novos sacerdotes na igreja de Saint-Sulpice.

De pizzaiolo a sacerdote

Cada pessoa recebe o chamado sacerdotal de maneira individual e um momento específico  da vida. Tal é o caso do Padre Christophe Rébéccai, ordenado sacerdote no último dia 6 de junho, na ilha francesa de Martinica.

Christophe seguiu os passos do irmão mais velho, também sacerdote. Antes porém, Christophe era pizzaiolo e chegou a ganhar o prêmio de campeão de pizza acrobática.

Em um país marcado pela falta de vocações e balançado pelo relatório dos abusos sexuais da Igreja, os novos sacerdotes têm um grande desafio a enfrentar, na França. (FM)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas