Gaudium news > Sacerdote cria forma de atender confissões sem risco de contágio por Coronavírus

Sacerdote cria forma de atender confissões sem risco de contágio por Coronavírus

Estados Unidos – Washington (Sexta-feira, 20-03-2020, Gaudium Press) Na Paróquia de Santo Eduardo Confessor em Bowie, Estados Unidos, os fiéis não tem desculpa para não aproximarem-se do sacramento da Penitência. Nem sequer as severas restrições para a prevenção do contágio do Coronavírus. O Padre Scott Holmer, pároco local, idealizou a forma de levar as confissões aos veículos dos fiéis, de forma que não existe nenhum risco de contágio.

Sacerdote cria forma de atender confissões sem risco de contágio por Coronavírus.jpg

Tal como registrou Catholic News Service, o Padre Holmer criou um local para confissões no estacionamento do templo e, com a assistência dos seminaristas locais, coordena o acesso dos fiéis em seus veículos para poder confessá-los a partir de uma cadeira em uma distância segura. No caso dos fiéis que desejarem uma confissão anônima, o sacerdote é avisado pelos seminaristas e cobre seus olhos para não reconhecer nem o veículo, nem o penitente.

“Aqui é onde nós, sacerdotes, temos que ser criativos acerca de como levar Cristo às pessoas quando não podemos fazer isso nos edifícios de nossa Igreja”, explicou o pároco ao Catholic Standard. “Necessitamos levar Cristo às pessoas agora, para levá-lo aos demais de uma maneira segura que não aumente a infecção”. A ideia de não empregar um confessionário surgiu da intenção de não ter nenhuma superfície de contato comum para todos os fiéis que pudesse ser um meio de contágio.

O local das confissões está devidamente sinalizado com cones laranjas e os fiéis somente saem do veículo quando há mais de uma pessoa no automóvel e esperam seu turno a uma distância segura. O sacerdote escolheu horários de Missas regulares nos quais os fiéis já estão acostumados a visitar o templo. A única limitação, por enquanto, é a necessidade de cancelar as confissões em caso de chuva. “Nos encontramos em um momento em que estamos dispersos, mas também haverá um momento em que nos reuniremos novamente”, expressou o Padre Holmer. “Mantenham a esperança nesse momento quando voltaremos”. (EPC)

Deixe seu comentário

Noticias Relacionadas