Gaudium news > COVID-19: Cardeal do Rio dispensa presença em Missas e incentiva rezar ao Padroeiro

COVID-19: Cardeal do Rio dispensa presença em Missas e incentiva rezar ao Padroeiro

Rio de Janeiro (Terça-feira, 17-03-2020, Gaudium PressPor causa da pandemia de coronavirus, o Arcebispo do Rio de Janeiro, Cardeal Orani João Tempesta, acaba de publicar um decreto que desobriga os fiéis a participarem da Missa dominical e em dias de preceitos. O Cardeal orienta os fiéis a acompanharem a Celebração Eucarística por meio das mídias, até que sejam anunciadas disposições em contrário.

Covid-19-Cardeal do Rio dispensa presença em Misas e incentiva rezar ao Padroeiro-Foto Arquidiocese.jpg
Dom Orani enfatiza seu chamado à oração
no enfrentamento à pandemia do coronavírus Covid-19.
Foto:Arquidiocese do Rio

O decreto da Arquidiocese do Rio de Janeiro foi publicado ontem, segunda-feira, 16 de março.
Em seu decreto, o Cardeal Tempesta estabelece que “todos os fiéis estão dispensados da obrigação prevista no cânon 1247 do Código de Direito Canônico de participar das Missas dominicais e nos demais dias de preceitos”.
Contudo, as normas anunciadas pelo Cardeal ressalvam que as Missas continuarão sendo celebradas normalmente pelos sacerdotes nas igrejas da Arquidiocese.

O Decreto assevera que, aos que “optarem por não participar da celebração da Missa, recomenda-se vivamente acompanhá-la pelos meios de comunicação das paróquias, da Arquidiocese ou das demais mídias católicas, fazendo da comunhão espiritual um importante instrumento de união eclesial e santificação pessoal”.

Para aqueles que decidirem pela participação presencial nas Missas o Purpurado recomenda manter “uma distância prudente uns dos outros, segundo as orientações das autoridades sanitárias, como prevenção contra contágio”

Orientação aos sacerdotes

Aos sacerdotes, o Cardeal Tempesta reforça a importância da celebração da Eucaristia e roga para que, “mesmo com eventual ausência de fiéis”, os presbíteros “celebrem diariamente a Santa Missa, conforme o cânon 904 do Código de Direito Canônico, o qual nos recorda o valor dessa celebração como ato de Cristo e da Igreja, e que consiste no centro vital do ministério sacerdotal”.

O Cardeal pede ainda em seu decreto que, se possível, essas Missas “sejam transmitidas pelas mídias”.

Pedido de orações também fora da Missa

Ainda em seu decreto, Dom Orani procura enfatizar e destacar seu chamado à oração no enfrentamento à pandemia do coronavírus Covid-19.
O Cardeal recomenda também aos que “que rezam a Liturgia das Horas, especialmente aos que receberam da Igreja esta missão”, que façam “uma petição pelo fim dessa pandemia e pelos que sofrem”. Dom Orani recomenda também “a oração pessoal ou em família, como, por exemplo, a Leitura Orante da Bíblia (Lectio Divina) e o Rosário”.

Rezar pelos que combatem a epidemia

Em seu Decreto, o Arcebispo do Rio de Janeiro ainda pede que “Deus recompense aos que estão trabalhando para amenizar as dores dos que padecem e os que buscam a solução para essa grave situação”. Convida ainda a rezar “pelos falecidos, por aqueles que sofrem e seus familiares”.

Recorrer ao Padroeiro

No final de seu Decreto, o Cardeal Tempesta convoca todos para que, “a exemplo dos nossos antepassados, recorramos ao nosso padroeiro São Sebastião, pedindo sua intercessão para sermos livres da atual pandemia”.

A Arquidiocese do Rio de Janeiro publicou a oração “Clamando a intercessão de São Sebastião”, para que “todos os fiéis, em unidade com seus párocos”, rezem pedindo a intercessão do santo padroeiro “contra qualquer tipo de flagelo”. (JSG)

 

Deixe seu comentário

Noticias Relacionadas