Loading
 
 
 
Loading
 
Ministro da Educação italiano defende instalação de crucifixos e presépios nos colégios
Loading
 
5 de Dezembro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Itália - Roma (Quarta-feira, 05-12-2018, Gaudium Press) No dia 29 de novembro, durante o Congresso Anual da Federação de Escolas Católicas da Itália, evento que reuniu 180 professores e líderes escolares, o ministro da Educação da Itália, Marco Bussetti, defendeu a instalação de crucifixos e presépios nos colégios do país.

Ministro da Educação italiano defende instalação de crucifixos e presépios nos colégios.png

"O crucifixo é para mim o símbolo de nossa história, nossa cultura, nossas tradições. Não vejo como pode causar alguma irritação em nossos salões escolares, pelo contrário, pode ajudar as crianças a refletir sobre nossa história", afirmou Bussetti.

A sua fala ocorre quase um mês após um colégio na cidade de Terni, ao noroeste de Roma, proibir uma encenação natalina para crianças sobre o nascimento de Jesus. Segundo o informativo 'Voice of Europe', o motivo da proibição era o de "não ofender aos alunos de diferentes religiões que estão na escola".

A assessora do município de Terni, Valeria Alessandrini, ressaltou que "só respeitando (nossas próprias tradições) podemos fazer com que outros compreendam que todos são livres de praticar suas próprias crenças, mas que também é necessário que respeitem a história e a cultura do país em que vivem".

E concluiu dizendo: "Espero que as crianças e jovens da escola possam compartilhar com seus companheiros e com seus pais os momentos mais belos, intensos e significativos do Natal". (EPC)

Loading
Ministro da Educação italiano defende instalação de crucifixos e presépios nos colégios

Itália - Roma (Quarta-feira, 05-12-2018, Gaudium Press) No dia 29 de novembro, durante o Congresso Anual da Federação de Escolas Católicas da Itália, evento que reuniu 180 professores e líderes escolares, o ministro da Educação da Itália, Marco Bussetti, defendeu a instalação de crucifixos e presépios nos colégios do país.

Ministro da Educação italiano defende instalação de crucifixos e presépios nos colégios.png

"O crucifixo é para mim o símbolo de nossa história, nossa cultura, nossas tradições. Não vejo como pode causar alguma irritação em nossos salões escolares, pelo contrário, pode ajudar as crianças a refletir sobre nossa história", afirmou Bussetti.

A sua fala ocorre quase um mês após um colégio na cidade de Terni, ao noroeste de Roma, proibir uma encenação natalina para crianças sobre o nascimento de Jesus. Segundo o informativo 'Voice of Europe', o motivo da proibição era o de "não ofender aos alunos de diferentes religiões que estão na escola".

A assessora do município de Terni, Valeria Alessandrini, ressaltou que "só respeitando (nossas próprias tradições) podemos fazer com que outros compreendam que todos são livres de praticar suas próprias crenças, mas que também é necessário que respeitem a história e a cultura do país em que vivem".

E concluiu dizendo: "Espero que as crianças e jovens da escola possam compartilhar com seus companheiros e com seus pais os momentos mais belos, intensos e significativos do Natal". (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://gaudiumpress.org/content/99705-Ministro-da-Educacao-italiano-defende-instalacao-de-crucifixos-e-presepios-nos-colegios. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O objetivo das cantatas é propagar cada vez mais o espírito natalino e resgatar o verdadeiro senti ...
 
A obra ecológica de 280 metros de construção é composta por 1,5 mil figuras, das quais 600 tem m ...
 
“É uma prioridade em nossa Igreja e os bispos estão conosco todos os anos”, disse o Padre Rodr ...
 
A festa é marcada pelas bênçãos às máquinas agrícolas trazidas ao Santuário por agricultores ...
 
O público se emocionou com o Coral Vozes de Santa Catarina e o acendimento da decoração natalina ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading