Loading
 
 
 
Loading
 
Rituais “inocentes” abrem portas da alma para satanás
Loading
 
11 de Setembro de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do México (Quarta-feira, 11-09-2019, Gaudium Press) Em um artigo publicado no jornal mexicano "Contra Réplica" o Padre Hugo Valdemar, cônego penitenciário da Arquidiocese do México, fez uma advertência bem atualizada:
Práticas como a adivinhação, o uso de amuletos e quartzo, bem como a bruxaria são "meios e janelas para a entrada de Satanás" nas almas.

Rituais inocentes que abrem portas da alma para satanás-Foto Pixabay.jpg

O artigo tinha como título "Com o diabo não se brinca". Nele o Padre Valdemar recordou que na Cidade do México foi realizado recentemente um festival de bruxaria chamado "Aquelarre Fest CDMX", no qual "a propaganda dizia que você poderá se sentir totalmente como uma feiticeira, pois contará com poções e feitiços para mudar o seu destino".

Brincadeira inocente? Satanás não é um mito inventado

O sacerdote mexicano afirmou que, "para qualquer pessoa, um festival deste tipo pode parecer uma bobagem ou uma brincadeira inocente", no entanto, "poucos percebem o quanto é perigoso promover a participação em um evento que, disfarçado de diversão familiar ou curiosidade, pode ter consequências inimagináveis sobre a pessoa, a sua vida e a sua saúde".


"Satanás não é um mito inventado pela Igreja para assustar os incautos, o Maligno é uma criatura espiritual cuja existência e influência é uma verdade de fé que não está em discussão, nem sua ação malvada, pervertida, perversora e destrutiva", assinalou.


Portas que se abrem para o demônio

"Mesmo que uma pessoa não entre em relação com Satanás propositalmente através de um pacto, invocação ou adoração, basta que lhe abra, consciente ou inconscientemente, de forma oculta ou explicitamente, certas portas para que entre na vida das pessoas e as destrua".


Janelas para a entrada de satanás

Padre Valdemar, que por 15 anos foi porta-voz da Arquidiocese do México, também advertiu sobre o perigo envolvido nas práticas como a adivinhação, o espiritismo, a feitiçaria, os horóscopos, amuletos, a Santa Morte, o Halloween, a yoga, os rituais do xamanismo, assim como práticas pagãs ancestrais.

Esses e outros, disse, são "meios e janelas para a entrada de Satanás e sua obra destrutiva na vida das pessoas, a infestação de seus lares, a exposição de suas almas à condenação eterna".

As consequências nada inocentes


"Não são atividades inocentes, são verdadeiras mentiras do demônio", frisou.
O sacerdote mexicano indicou que, "como confessor da Catedral do México, fiquei chocado ao ver as terríveis consequências sobre as pessoas que entram nesses jogos inocentes", que envolvem sofrimentos como "desequilíbrios mentais, psicológicos e espirituais, doenças inexplicáveis, insônia e fadiga crônica, ansiedade e depressão aguda".
Entre as consequências, acrescentou, estão também "obsessões sexuais, ódio feroz, vingança e até mesmo crimes".


Conselho

Padre Valdemar assinalou que "um simples festival de bruxas pode se tornar a ruína de sua vida e a destruição de sua alma.
Se você é um católico, não caia neste engano e, se caiu, procure o sacramento da confissão e renuncie a Satanás e suas obras antes que seja tarde demais". (JSG)

 

 

 

 

 

Loading
Rituais “inocentes” abrem portas da alma para satanás

Cidade do México (Quarta-feira, 11-09-2019, Gaudium Press) Em um artigo publicado no jornal mexicano "Contra Réplica" o Padre Hugo Valdemar, cônego penitenciário da Arquidiocese do México, fez uma advertência bem atualizada:
Práticas como a adivinhação, o uso de amuletos e quartzo, bem como a bruxaria são "meios e janelas para a entrada de Satanás" nas almas.

Rituais inocentes que abrem portas da alma para satanás-Foto Pixabay.jpg

O artigo tinha como título "Com o diabo não se brinca". Nele o Padre Valdemar recordou que na Cidade do México foi realizado recentemente um festival de bruxaria chamado "Aquelarre Fest CDMX", no qual "a propaganda dizia que você poderá se sentir totalmente como uma feiticeira, pois contará com poções e feitiços para mudar o seu destino".

Brincadeira inocente? Satanás não é um mito inventado

O sacerdote mexicano afirmou que, "para qualquer pessoa, um festival deste tipo pode parecer uma bobagem ou uma brincadeira inocente", no entanto, "poucos percebem o quanto é perigoso promover a participação em um evento que, disfarçado de diversão familiar ou curiosidade, pode ter consequências inimagináveis sobre a pessoa, a sua vida e a sua saúde".


"Satanás não é um mito inventado pela Igreja para assustar os incautos, o Maligno é uma criatura espiritual cuja existência e influência é uma verdade de fé que não está em discussão, nem sua ação malvada, pervertida, perversora e destrutiva", assinalou.


Portas que se abrem para o demônio

"Mesmo que uma pessoa não entre em relação com Satanás propositalmente através de um pacto, invocação ou adoração, basta que lhe abra, consciente ou inconscientemente, de forma oculta ou explicitamente, certas portas para que entre na vida das pessoas e as destrua".


Janelas para a entrada de satanás

Padre Valdemar, que por 15 anos foi porta-voz da Arquidiocese do México, também advertiu sobre o perigo envolvido nas práticas como a adivinhação, o espiritismo, a feitiçaria, os horóscopos, amuletos, a Santa Morte, o Halloween, a yoga, os rituais do xamanismo, assim como práticas pagãs ancestrais.

Esses e outros, disse, são "meios e janelas para a entrada de Satanás e sua obra destrutiva na vida das pessoas, a infestação de seus lares, a exposição de suas almas à condenação eterna".

As consequências nada inocentes


"Não são atividades inocentes, são verdadeiras mentiras do demônio", frisou.
O sacerdote mexicano indicou que, "como confessor da Catedral do México, fiquei chocado ao ver as terríveis consequências sobre as pessoas que entram nesses jogos inocentes", que envolvem sofrimentos como "desequilíbrios mentais, psicológicos e espirituais, doenças inexplicáveis, insônia e fadiga crônica, ansiedade e depressão aguda".
Entre as consequências, acrescentou, estão também "obsessões sexuais, ódio feroz, vingança e até mesmo crimes".


Conselho

Padre Valdemar assinalou que "um simples festival de bruxas pode se tornar a ruína de sua vida e a destruição de sua alma.
Se você é um católico, não caia neste engano e, se caiu, procure o sacramento da confissão e renuncie a Satanás e suas obras antes que seja tarde demais". (JSG)

 

 

 

 

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://gaudiumpress.org/content/105054-Rituais--ldquo-inocentes-rdquo--abrem-portas-da-alma-para-satanas. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O monumental presépio é um dos maiores de Andaluzia, ganhando ano após ano mais fama e presença. ...
 
O problema do sofrimento não está tanto no que o ocasiona, mas no modo como é suportado. Ele exis ...
 
Apesar de ser uma apresentação gratuita, os espectadores são convidados a doarem ao menos um quil ...
 
A neve nos fala da inocência sem mancha, da beleza virginal e pura que tem o condão de encantar os ...
 
Podemos correr o risco de fazer a festa sem a presença do festejado e o que Ele é e significa para ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading